[Tutorial] Formatação de ebooks v2.0 (Parte 2: Prática)

Pra começar, se você não leu a primeira parte, clica aqui e dá uma olhada. Estou assumindo aqui que todos os conhecimentos necessário para fazer a tarefa estão descritos ou, pelo menos, indicados lá.

Talvez você tenha percebido, talvez não, mas dividir o post em dois só me ocorreu quanto terminava-o, o que pode explicar uma coisa ou outra.

Para o meu exemplo, utilizarei uma história que acompanho há anos: The Dragon In The Dungeon. Não tenho nada pronto esperando para ser publicado ou alguém que tenha-me pedido que faça a versão virtual de seu livro para usar. O único motivo da minha escolha é que gostaria de ler essa história confortavelmente no Kindle ao invés de ter de usar o computador. E também porque o próprio site fornece o epub para quem quiser baixar, então não estou fazendo nada muito diferente do que já está disponível.

Todos os devidos créditos a Of The Wilds, por favor. E que ele publique TDitD em algum lugar, porque tem muita gente pedindo isso.

Mas esse post não é sobre essa história.

Pra começar, essa é a estrutura que tenho para trabalhar:

Arquivos dos capítulos de TDitD

Onde cada um desses arquivos contém os capítulos/livros de TDitD, quase no mesmo formato original:

Um dos capítulos mencionados, aberto no LibreOfficePrimeiramente, o formato .doc é um problema. Precisamos converter tudo para markdown. Para fazer isso, primeiro exportamos cada capítulo em texto puro. Para isso, temos de “Salvar Como…”:

Menu E modificamos o formato:

Popup da opção Lembre-se de modificar o formato do arquivo para .txt antes de salvar. Se for o caso, é preferível renomear os arquivos para que já fiquem ordenados.

Depois, abrimos cada um deles num editor de texto e adicionamos os itálicos, headers, etc. que perdemos nessa conversão. Assim, disso:

O primeiro capítulo convertido para texto puroPassaremos a ter isso:

O primeiro capítulo, convertido para markdownRefira ao link no post anterior para a sintaxe do markdown. Faremos isso para cada capítulo da história e renomearemos cada um para a extensão .markdown. Com isso (e deletando os arquivos no formato anterior para manter esse tutorial o mais limpo possível), teremos:

Todos os capítulos convertidos e renomeadosO mais problemático é ter de refazer a formatação manualmente. Talvez exista uma forma melhor de converter, mas desconheço no momento em que escrevo. O lado bom é que, com isso, temos 90% do trabalho pronto.

E agora precisaremos de um terminal:

Terminal aberto na pasta de trabalhoTemos duas opções: adicionar as informações de autor e título no primeiro capítulo ou em um arquivo separado. Eu preferi fazer da segunda forma:

Criando o arquivo para conter as informações de título e autorComo estou fazendo isso somente para uso pessoal, não vou adicionar capa nem metadados além dos dois gerados automaticamente pelo title.txt. Assim, voltando ao terminal, primeiramente vamos gerar o .epub:

Comando criando o epub do livroE, finalmente, podemos converter esse arquivo para o formato que a Amazon usa:

Gerando o arquivo mobi requerido pela AmazonNote que o kindlegen gera um aviso porque o ebook não tem capa.

Visualizando o ebook gerado(Também não sabia que o Okular dava suporte a mobis.)

E fim. Terminamos. Não foi tão difícil, foi?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s