[Review] A Guerra dos Criativos (Alex Silva)

-3 < 2.5 < 3

Clique pra ver grandão :3

Sir Alex Silva Dias, a ti foi enviado
Um convite formal e permanente
Para participar ativamente
Da Guerra dos Criativos,
Sendo a ti de antemão negado
O direito de responder de modo negativo.

É com esse (um tanto misterioso) poema, que Alex Silva dá início à sua autobiografia fantástica, e é com ela que trago a primeira revew desse blog!

Para começo de conversa, quem não conhece o Alec Silva e seus heterônimos, esses são os blogs dele(s), e esses são seus trabalhos publicados na Amazon-BR. Eu acompanho o cara já tem um tempo, mas até A Guerra dos Criativos, não havia lido nada dele, ou mesmo conversado muito com o cara… A bem da verdade, não lembro como nos conhecemos, só sei que eu o tinha adicionado no facebook

Mas, enfim… o cara tem alguns parafusos a menos na cabeça. Suas historias envolvem lógicas distorcidas, mundos paralelos e personagens tão loucos quanto o Mad Hatter (sim, eu gosto dele (¬▂¬), especialmente na interpretação de Johnny Depp). Estamos falando de mundos onde poetas, músicos, escritores… enfim, criadores, lutam para exercitar sua criatividade.

Talvez seja a forma como foi contada, talvez a lógica por trás disso, talvez alguma bruxaria que Alec jogou sobre suas palavras, mas o livro me agarrou com unhas, dentes, correntes e círculos mágicos. Eu não conseguia (nem queria) parar de ler.

Acho que deu pra entender o quanto gostei do que li, não?

A história em si é bem contada, e flui deliciosamente pelas páginas (ainda que virtuais), e tem viradas impressionantes. Especialmente a última.

Ou deveria dizer, especialmente a última?

Ainda que eu queria dar um soco na cara dele, o final do livro é, ao mesmo tempo, capaz de ligar todos os pontos e fazer um gancho para as próximas histórias.

E esse é, ainda que de certa forma revoltante, o ponto que mais me agradou no livro. Quero dizer, além de juntar todo o caos que existia ali numa história maravilhosa, e concluir decentemente a narrativa, ele ainda cria um gancho para seguir em frente.

Como não achar f*** isso?

(Ok, como eu já disse, tudo isso pode ser explicado pela bruxaria que ele jogou sobre o livro, mas isso é irrelevante.)

Só pra concluir… (Acho que preciso, né? Afinal, isso é algum tipo de texto…)

Eu espero que o cara encontre uma editora logo. Ele é meio louco, com um pouco de insanidade junto e misturado com uma criatividade única, mas é o tipo de gente que eu gostaria de ler.

Afinal, se a metodologia científica não consegue salvar o mundo, quem sabe um pouco de insanidade não o faça?

[update] Links para você comprar :3
Amazon-BR
Clube de Autores
Diretamente com o autor

Anúncios

8 comentários sobre “[Review] A Guerra dos Criativos (Alex Silva)”

  1. Tem razão, o mundo tá precisando de um pouco de insanidade mesmo! 😀
    E no fim de Mundos acho que você vai ter que tirar um tempinho pra socar o Alec… Espero que as luvas estejam aí mesmo…

  2. Obrigado, Don Ryu Dragoni! =D
    E que bom que gostou da leitura confusa… e a imagem acima é bem sugestiva, né? ‘-‘
    Logo “Mundos em Conflito” vai intensificar a vontade de me espancar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s